sábado, 26 de fevereiro de 2011

Indignante

Eu sou ciclista.
Mais ainda, eu sou ciclista em BELO HORIZONTE, uma das cidades mais cruéis para quem não anda de carro.
UMA VERGONHA NACIONAL.
O trânsito de BH é mal-educado, bisonho.
Em geral, as leis de trânsito aqui são relativas.
É comum observar motoristas furando os sinais, taxistas andando a 100 km/h, sem cinto, pessoas dirigindo enquanto falam ao celular, e o PEDESTRE e o CICLISTA, sempre considerados UM ESTORVO.
Mas o que aconteceu em PORTO ALEGRE é absolutamente INDIGNANTE.
OUTRA VERGONHA NACIONAL!



Um néscio, prepotente, dentro de um carro, não quer nem saber, passa por cima de uma manifestação com MAIS DE 100 CICLISTAS, que reivindicavam seus direitos.
ATROPELA DEZ.
COM TOTAL INTENÇÃO DE MATAR.
Eu me pergunto, ATÉ QUANDO VAMOS TER UM TRÂNSITO BURRO, MACHISTA, IMBECIL E ARROGANTE?
Até alguém de SUA FAMÍLIA ser ATROPELADO?

...
SOLIDARIEDADE TOTAL AOS CICLISTAS DE PORTO ALEGRE, E AO MOVIMENTO "MASSA CRÍTICA".  que se multiplique pelo país.

A você, que me lê: OCUPE SEU ESPAÇO EM CIMA DE SUA MAGRELA.
para o bem da humanidade.
A BICICLETA É A MAIS GENIAL INVENÇÃO DA MODERNIDADE.
Faça uso constante, sem contra-indicações.
DIGA NÃO AOS AUTOMÓVEIS, POLUIDORES, BARULHENTOS E SUJOS.
that's all, folks.

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Um herói jamais diz adeus



O adeus de Ronaldo Nazário marca o fim de uma época no futebol.
Ronaldo foi, é e será para sempre o maior ídolo da minha geração. Em especial para quem nasceu em 1976, como ele e eu, seu adeus é um símbolo de um homem que lutou, caiu, levantou, caiu novamente, levantou novamente e termina, sem dúvidas, em pé.
Não importa o quanto tenha sido duro o último período, o quanto ele tenha sido cobrado, em alguns momentos, em demasia, especialmente por fanáticos que confundem amor ao futebol, a um clube, ou a um craque, com insanidade e psicose.
Ronaldo é um vencedor e, a partir de agora, assume seu lugar no Panteão do Futebol. 
Daqui a cem anos, lembraremos de Ronaldo como lembramos do Diamante Negro, de Garrincha, de Pelé, de Sócrates, de Domingos e Adhemir da Guia, de Zico, de Beckenbauer, de Maradona e tantos outros que elevaram um jogo, um mero esporte, a uma condição de Arte, a algo que define e faz compreender o que é, afinal, o ser humano - por suas glórias e por suas loucuras.
Eu, particularmente, sinto muito, pois Ronaldo é alguém muito próximo, alguém de quem eu aprendi a gostar como se gosta de um colega inteligente da escola, alguém que me fez assistir aos jogos da Seleção Brasileira com gosto - e eu sempre fui e continuo crítico da CBF e da política imbecil e absolutamente dinheirista que se tornou a Seleção e o futebol, de uma forma geral. 
Tudo passa, tudo passará.
Ronaldo Fenômeno passou.
Nós tivemos a sorte e a honra de vê-lo jogar, e agora, também fazemos parte da história, que se contará para as gerações futuras, como meu pai me conta as histórias de Pelé, Garrincha, Nilton Santos e a Geração de Ouro do futebol brasileiro.
Mas o exemplo de caráter, ética, respeito, humanidade e Amor à Arte, esse ficará.
Obrigado, Ronaldo!

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Cauby 80 anos

                                                                                                                              Foto: Agência Estado
Cauby Peixoto no Bar Brahma - Amor à canção

Cauby Peixoto, mestre, pai, senhor da música brasileira, perdoai nossas falhas vocais, perdoai nossa irreverência burra, perdoai nossa falta de luz, perdoai nossa arrogância! 
Nossa vida não é nada, nossa voz, ridícula, nosso canto, infantil, diante de tua interpretação, de tua presença de palco, de tua força, de teu brilho, de tua Iluminação!
Cauby, pai e ícone de todos os cantores do Brasil!
Cauby, gênio imortal, deus do Olimpo da canção brasileira!
Cauby, amor e dor, sem medo do ridículo, sem medo de dizer a verdade, sem medo da interpretação forte, sem medo da Voz que Deus lhe deu!
Cauby, coragem!
Cauby, 80 anos, mas viverás MIL!

Homenagem sincera dos Caldos de Cana a um dos maiores ídolos do Brasil.

Cauby interpreta "Apelo", de Vinícius e Baden Powell

E recria "Ne me quitte pas"

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Resistência

Fazia tempo que eu queria fotografar essa casa.
Fica no centro de Ponta Grossa, na avenida Bonifácio Vilela, e é uma das últimas casas de madeira, no tradicional estilo europeu, que ainda resistem na cidade. É a única casa de madeira em toda a rua, e no centro, talvez ainda existam umas três ou quatro.
Ali vive uma velha senhora, que cria galinhas e coelhos no quintal. Avessa a conversas, talvez acreditando que eu fosse mais um dos especuladores imobiliários que vêem seu lar com os olhos de rapina e cifrões, recusou-se a falar comigo.
De qualquer modo, eu presto uma homenagem ao que eu considero uma resistência pacífica contra a especulação que destruiu a maior parte das referências arquitetônicas da cidade que um dia, dona de um charme particular, foi chamada a "Princesinha dos Campos Gerais".
Hoje, quando tudo é passado e o presente é representado por torres altas, que dão status social e enterram tudo o que possa representar sentimentos passadistas, simplesmente por ignorar que sem o passado nada se constrói, fica ali, poeticamente, uma velha casinha de madeira, habitada por uma senhora, vivendo do mesmo jeito que viveu sua vida toda, navegando à deriva em meio ao concreto armado que nem sabe ser dele a origem da verdadeira decadência.

Entre prédios, torres e concreto armado, o passado resiste, à sua maneira
 El portón de los sueños

O desenho na calçada é como uma película de um filme antigo

Uma catedral para uma cidade que não existe mais

Um portal para outra dimensão?

A escada, a porta e as janelas

Resistir até o fim!

Jardim antigo com as rosas da memória

Acreditem: isso está no centro de PG

Até quando, eu não sei...

P.S.: Gostaria de indicar o Blog do meu querido Luan Gabriel, um garoto maravilhoso, com ótimas ideias e uma escrita particularmente deliciosa. Hoje, ele vive em Macapá, e seu blog fala sobre seu cotidiano. Acessem e se deliciem com o "cotidiano humano" do Luanzito: http://meucotidianohumano.blogspot.com/