sexta-feira, 11 de março de 2011

Diálogos do fim do mundo

O tsunami que devastou o Japão, há poucas horas, e promete chegar até a costa da América do Sul, me fez ter alguns devaneios.
As imagens gravadas ao vivo, e exibidas por várias TVs do mundo, me deixaram pensando que, se o mundo vier a acabar, é bem possível que a gente assita a tudo ao vivo, na TV.
Algo meio surreal, mas não impossível, é pensar na abertura do Jornal Nacional.
A vinheta tradicional de abertura.

William Bonner, o âncora, anuncia, com sua tradicional parcimoniosidade e frieza globais:

- Boa noite. O mundo acaba de acabar.

Fátima Bernardes, a mulher sem sorriso, replica:

- Direto do Japão, nossos repórteres tem as últimas notícias sobre o fim do mundo.
O correspondente no Japão fala, com ventos a 300 km/h, inundações, tufões e ondas gigantescas, entre carros sendo arrastados.

- Boa noite, Fátima. Aqui em Tóquio, o fim do mundo corre com normalidade.
Bonner retorna à cena e diz:
- Os principais líderes do mundo comentaram o apocalipse. Em Nova York, o presidente Obama disse que tudo estará sob controle em no máximo duas ou três semanas. A secretária de estado, Hillary Clinton, em visita à Trípoli, declarou que o "fim do mundo não é o fim, mas o começo de uma nova era. A Nasa já prepara seleção de pessoas que serão enviadas à estação espacial em Marte, onde recomeçarão a civilização. A maioria dos americanos estará apta a seguir para o Planeta Vermelho, e o Departamento de Estado, junto com o Pentágono, já preparam um plano para incluir minorias árabes, turcas, persas, chinesas, japonesas, mexicanas, além de cubanos de Miami, brasileiros, alguns argentinos, somalis, bôeres, para tornar a nova civilização diversificada. Palestinos e Israelenses terão bancos cativos na frota de ônibus espaciais que levarão a humanidade para Marte."

Obama: situação sob controle em duas semanas.

Fátima Bernardes:
- Hillary declarou, também, que estudos das principais universidades norte-americanas indicam que, em no máximo 50 anos, a civilização retomará seu curso em solo marciano. Intelectuais disseram acreditar que, se nada der errado, em 2 ou 3 séculos, estaremos aptos a destruir Marte, também.
Clinton: em 50 anos, Marte será como a Terra. 

Bonner:
- A presidenta Dilma Rousseff declarou, após participar do programa de Ana Maria Braga, estar "atenta aos acontecimentos". Dilma acredita que o Brasil passará incólume ao fim do mundo, e que no máximo, seríamos atingidos por uma "marolinha".
Dilma, após fazer um bolo: "O Brasil sairá bem do fim do mundo. Enfrentaremos no máximo uma marolinha".

Fátima:
- Ao lado do premiê de Israel, Benjamin Netanyahu, que também se encontra na Líbia, e do eterno presidente Líbio, Muammar al Kaddaffi, Clinton disse acreditar que, em Marte, finalmente, os Palestinos vão ter seu estado. "Provavelmente será no Pólo Sul", disse a secretária de Estado.
Clinton e o premiê israelense: "Palestinos terão seu estado no Pólo Sul marciano".

Bonner:
- Analistas não sabem ao certo o que causou o fim do mundo. Mas um fato tem chamado a atenção de todos: o Operário Ferroviário Esporte Clube, tradicional time de futebol do Paraná, havia sido sagrado campeão do Estado doze minutos antes do anúncio do fim do mundo. O acontecimento marcou o primeiro título da história do Clube, conhecido como "Fantasma da Vila Oficinas".

Operário Ferroviário: Campeão Paranaense pela primeira vez, minutos antes do fim do mundo

Fátima:
- O Jornal Nacional fica por aqui. Mais notícias a qualquer instante ou no Jornal da Globo, após o filme "2012". Assita agora a novela Insensato Coração, e depois, Big Brother.

Vocês acham impossível?

11 comentários:

  1. Mais engraçado que o texto foi o "retardado" da Giu, AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA.

    ResponderExcluir
  2. tsc tsc... o OFEC tem títulos vários em sua história, entre eles os contestados.... mas a questão principal é que todas essas doideiras tuas tiveram início em conversas grupais no DCE, Santa Luzia, pátio central da UEPG, bares de segunda a sexta (feira? categoria?), reuniões em casas minhas e de nosso(a)s comparsas... vale o crédito.

    Luciano d´Miguel - pedestal de Cartola não-mangueirense, anti-nilopolitano, desprovido de perna-de-pau e ilhéu sem tsunami!!!

    ResponderExcluir
  3. Acho vc simplemente genial, mas vê se não fica com o Ego muito massagiado afim de esquecer tudo o mais . E por falar nisso como vai a revisão da minha monografia que prometeu fazer? Um abraço caloroso ao meu amigo genial e preocupadíssimo com os destinos da humanidade! Parabéns.Miriam (anônima)

    ResponderExcluir
  4. luciano, o operário nunca foi campeão paranaense.
    dizer que foi, equivale a admitir que o brasil é "campeão moral" de 1978. o título é argentino, mesmo que tenha havido maracutaia.
    os títulos do operário equivalem às várzeas, mas isso não diminui a honradez, a história, a tradição e a paixão louca por esse time, que, certamente, será um dia campeão - espero somente que o mundo não acabe 12 minutos depois...
    quanto aos diálogos, bem, concordo, a loucura sempre foi coletiva, mas eu acho que o texto aí é meu. agradeço sinceramente aos irmãos e irmãs por me inspirarem com fumaças, vinhos, sexo, drogas e rockenrol, nesses anos todos...

    ResponderExcluir
  5. míriam, agradeço e digo que em breve tu terás notícias de sua bela e revisada dissertação.

    winston: giu é foda.

    nihil: obrigado.

    giu: você é foda. falar do kassab foi a primeira coisa que me veio à cabeça. podia ter usado o eduardo paes, ou o requião. eles também são retardados. besosssss

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Kkakakakakak. eu já comprei o meu casco (barco), já que o marajó vai sumir!!!!!! E, eu acho que o Operário foi campeão num jogo histórico com o finado Matsubara, por isso o tal tsunami!!!!!Abraços!!!

    ResponderExcluir
  8. Mas foi quando o Operário "quase" foi campeão paranaense que começaram os registros do aquecimento global ahehuuahuheuhuhae

    ResponderExcluir

Eu aprecio os comentários aos meus posts. A identificação não é obrigatória, mas sempre agradeço àqueles que dizem ao menos seu nome. Não deixe de comentar o que achar interessante! Obrigado.

I really like comments to my posts. Identification is not required, but I will apreciate if you let me know who you are. Make your comments to all that you enjoy in this blog! Thank you.